Pajens e Daminhas de Casamentos
11 out 2017

Pajens e Daminhas de Casamentos

A presença de damas de honras e pajens são uma das tradições mais antigas nas cerimônias de casamentos. Segundo Vera Simão, presidente da Abrafesta, esta tradição existe desde a Idade Média, quando as crianças se vestiam com suas melhores roupas a fim de esperar a chegada da noiva. Quando viam a carroça da noiva chegando na vila, as crianças colhiam flores e avisavam todos os moradores sobre o início da cerimônia de casamento na igreja. Acredita-se que este costume vem da Igreja Anglicana, como adaptação ao cargo de “pajem de honra”, que era exercido por filhos de nobres com bastante destaque em cerimônias públicas e eventos oficiais. Desta forma a tradição foi adotada pela Igreja nas cerimônias de casamentos e então foi se espalhando pelos países. Entre outras explicações históricas para a tradição está a estranha hipótese de que as damas de honra vestiam-se igual à noiva para confundir e espantar os maus espíritos que quisessem atrapalhar a cerimônia. Independente de qual seja a história verdadeira, o fato é que a tradição permanece e todos nós adoramos ver as crianças participando como daminhas e pajens nas cerimônias de casamento!

Foto: Say Cheese

As meninas adoram vestirem-se como a noiva. Apesar disso não é obrigatório que o vestido de daminha seja semelhante ao da noiva. Há também o penteado da daminha, que pode ser inspirado nos penteados de princesas, por exemplo. Assim como é tradição enviar convites especiais para os padrinhos, pode também ser enviado um convite para a dama de honra e pajem.

Atualmente o cortejo acontece com o casal de crianças, somente com o menino ou somente com a menina, dependo do grau de familiaridade dos noivos em relação às crianças. Os noivos querem que a criança tenha algum significado afetivo importante. Geralmente são irmãos, primos ou amigos queridos dos noivos.

Aconselhamos aos noivos que convidem crianças com idade superior a seis anos para atuar como damas de honra e pajens, pois quando são convidadas crianças muito novas, essas podem ficar tímidas e se recusarem a entrar na cerimônia! De qualquer forma, crianças de todas as idades acabam sendo uma atração a parte durante as cerimônias de casamento.

Há ainda a possibilidade dos pajens ou daminhas serem os próprios filhos do noivo ou da noiva, o que torna sua participação ainda mais especial.

Tem sido uma tendência e preferência entre algumas noivas convidarem demoiselles (damas de honra adultas) ao invés de daminhas. Falaremos sobre isso em breve! Quando os noivos não possuem criança na família ou próxima a eles, têm ainda a opção de convidar seus avós para que entrem com as alianças. Acaba sendo uma forma de homenageá-los.

Foto: Arquivo

Na igreja geralmente os noivos optam por um porta aliança tradicional.

Foto:  Noivos e Noivas

 

Foto: Borelli

Mas quando os noivos casam-se ao ar livre, a criatividade é garantida. Este pajem entrou na cerimônia segurando as alianças com uma Luva de Golf, que simbolizava a paixão do noivo pelo esporte.

Foto : Say Cheese

Na foto abaixo o pajem carrega as alianças dentro de um brinquedo de madeira. Neste caso a noiva quis homenagear seu pai, que é caminhoneiro.

Foto: Say Cheese

Na foto abaixo a daminha entrou com uma boneca, que representa toda inocência da criança e simboliza a transformação da vida do casal, que a partir deste momento darão início a uma nova família.

Foto: Caixa de Retratos

Neste outro, o pajem também homenageou o noivo, que gosta muito de pescaria.

Fotos: Brazarts

Enfim, as daminhas e os pajens podem entrar sozinhos ou acompanhados, mas o importante é que levem consigo as alianças e tudo o que elas representam para a união do casal: o amor.

Foto: Ivan Silva Fotografia

Foto: Say Cheese