Noivos e noivas: é possível aproveitar o casamento de forma plena?
26 out 2017

Noivos e noivas: é possível aproveitar o casamento de forma plena?

Por DAVID GELLES OCT. 18, 2017 para o NYTimes.com

(Traduzido e adaptado pela nossa equipe)

Casamentos podem ser estressantes. Tanto a cerimônia quanto a recepção podem lhe fazer passar por um turbilhão de emoções. Manter-se consciente e com a mente focada no “agora” pode facilitar sua conexão com as pessoas ao seu redor e ajudá-los a realmente sentir o amor.

À medida que o dia do casamento se aproxima, tenham em mente o porquê de todos estarem reunindo-se para comemorar. Afinal, o que é o casamento senão um momento para compartilhar amor? Se surgirem pensamentos negativos, basta observá-los e deixá-los passar. Ao invés de se conectarem com a negatividade, concentrem-se no que está prestes a acontecer: a celebração de um relacionamento amoroso.

Se surgirem desentendimentos, revisem seus planos. Ser claro um com o outro sobre as expectativas de ambos pode ajudar a limitar frustrações. Quanto mais vocês transmitirem informações para todos os envolvidos é mais provável que seu casamento esteja alinhado com sua visão.

Deleguem. Deixem outras pessoas dedicarem-se a coisas pequenas. Principalmente no dia do seu casamento, permitam que outra pessoa organize a decoração, responda às perguntas dos fornecedores e atenda às possíveis ligações de hóspedes “perdidos”. Essa postura pode lhes libertar e permitir que vocês sintam-se como “convidados” no seu próprio casamento. Lembrem-se que sua celebração pode durar cinco ou até seis horas. Vocês certamente querem passar esse tempo focados na conexão com as pessoas que vocês amam e não executando o evento.

Quando sua mente começar a vagar – preocupando-se com o futuro ou recordando o passado – voltem para o seu momento presente. Observem o quê o seu corpo está sentindo. Prestem atenção a sensações particulares – a brisa em sua pele, se estiverem ao ar livre, ou às texturas, sons e cheiros, se estiverem num ambiente interno.

Tentem encontrar alegria também nas coisas que dão errado! Livrem-se da pretensão da perfeição (que é ilusória) e abracem todos as dificuldades como parte de uma celebração maior. Em vez de ficarem focando nos detalhes, voltem-se para o sentimento que deve predominar neste dia: o amor.